Edital TRT-MG

Foi noticiado que o Edital TRT-MG – pode ser publicado até o final deste mês. Boa notícia para aqueles que não esperam para “rezar na hora da morte”.

Excelente notícia para os interessados em participar do concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-MG): de acordo com fontes ligadas ao órgão, o edital do concurso pode ser divulgado até o final deste mês.

A organizadora da seleção, a Fundação Carlos Chagas, foi definida, recentemente, por meio de um extrato de dispensa de licitação. Nesse extrato também já foram informados os valores das taxas de inscrição, que são de R$55, para técnico, e R$68, para analista.

Ainda estão sendo definidas as áreas e o número de vagas que serão oferecidas, mas a expectativa é de que novas oportunidades devam ser abertas durante a validade do concurso. Isso porque está em tramitação na Câmara dos Deputados o projeto de lei 4.024/08 que cria 200 vagas no TRT-MG. A proposta já foi aprovada pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) e atualmente encontra-se sob análise da Comissão de Finanças e Tributação (CFT). Em caso de aprovação nesta segunda comissão, restará o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC). Sendo aprovada nas comissões, a matéria não precisará ir a plenário, seguindo para o Senado e, por último, à sanção presidencial.

De acordo com o projeto, serão criadas 150 vagas de técnico judiciário, cargo de nível médio com vencimentos iniciais de R$2.662, e 50 de analista judiciário, de nível superior, cujos vencimentos iniciais são de R$4.367. Além da boa remuneração, os servidores do TRT têm direito a benefícios como auxílio-alimentação, plano de saúde e auxílio-creche, esse para aqueles que possuem filhos com até 6 anos de idade. A jornada de trabalho varia de 20 a 40 horas semanais.

A última seleção de técnicos e analistas judiciários para o órgão ocorreu em 2005. O concurso foi aberto para 491 vagas, sendo 212 para técnico e 279 para analista. Os candidatos a técnico foram submetidos a provas objetivas de Conhecimentos Gerais e de Conhecimentos Específicos. Para algumas áreas também foi aplicada prova prática. Já para o cargo de analista, a seleção foi através de provas objetivas, de Português e de Conhecimentos Específicos, e de redação.

Notícia o site www.megaconcursos.com.br

Até Breve

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *