“Onde os fracos não têm vez” ganha prêmio do sindicato dos produtores

“Onde os fracos não têm vez” (“No country for old men”) arrebatou mais um prêmio antes da festa do Oscar, marcada para o fim deste mês, ao ser escolhido como o melhor filme pelo PGA (sindicato dos produtores dos Estados Unidos), no sábado (2).

Joe

O filme, que estrela Javier Bardem como um matador determinado que persegue Josh Brolin, venceu os indicados “Sangue negro” (“There will be blood”), “Juno”, “Conduta de risco” (“Michael Clayton”) e “O escafandro e a borboleta” (“The diving bell and the butterfly”).

Pelo trabalho com “Onde os fracos não têm vez”, Scott Rudin e a dupla Ethan e Joel Coen também ganharam o prêmio Darryl F. Zanuck de produtor do ano. O filme foi lançado pela Miramax/Paramount Vantage.

O filme já havia conquistado láureas do sindicato dos diretores americanos e do sindicato de atores de tela. O filme foi indicado a oito Oscars.

“Ratatouille”, da Disney-Pixar, venceu como melhor filme animado na premiação do sindicato dos produtores.

O prêmio para melhor comédia episódica de TV foi para “30 Rock”, da NBC. Na categoria drama, o vencedor foi “Família Soprano” (“The Sopranos”), da HBO.

Sinopse: A história começa quando Llewelyn Moss (Brolin) encontra uma camionete com um homem morto no chão. Uma carga do heroina e dois milhões de dólares em dinheiro na parte traseira da caminonete. Quando Llewelyn Moss guarda o dinheiro, ele não faz idéia da onde de violência que ira surgir.

Onde os fracos não tem vez

  • Título Original: No Country For Old Men
  • Título Nacional: Onde Os Fracos Não Têm Vez
  • Gênero: Suspense – Policial – Drama
  • País de Origem: Estados Unidos
  • Duração: 02:02:00 |
  • Ano Lançamento: 2007
  • Diretor(a): Ethan Coen; Joel Coen;

Estreou em 09 de novembro de 2007

Ver lista de filmes indicados ao Oscar AQUI

Até Breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *